sexta-feira, 2 de março de 2012

Zé Roberto falou bem: quem incomoda está sujeito. Até eu!


Hoje pela manhã no programa do Fabiano Elias na rádio Litoral Sul FM, o colega José Roberto Affolter, proprietário do jornal Gazeta Parnanguara falou muito bem sobre o que anda ocorrendo na cidade, por conta das eleições municipais, que vão rolar em outubro deste ano.

Fazendo uma defesa bairrista dos fatos que marcaram a cidade recentemente e no passado envolvendo personalidades parnanguara, como na prisão temporária do empresário e presidente do PSC na cidade Waldir Leite.

Em sua opinião, a motivação política está por traz destes acontecimentos e que todos os que têm condições de disputa ou podem incomodar, de alguma forma, candidaturas de chances reais estão sujeitos a acontecer o mesmo.

Faço coro e reforço esta opinião, mesmo correndo o risco de estar enganado. Falo isso até em benefício próprio. Sei que tem quem não goste e muito de minha postura profissional.

Sei que alguns me vêem como uma perigosa ameaça por não ter medo de falar o que penso, levando em conta, tudo o que vivi e trabalhei na área política e de informação.

Em duas eleições nas últimas duas décadas, sofri ameaças e perseguições, algumas envolvendo meus filhos que acabaram perdendo um ano no colégio.

Uma década antes sofri ameaças e, duas delas, levadas a cabo por matérias e denuncias, envolvendo a área de movimentação portuária.

Não vou dar uma de durão e dizer que isso não me assustou. Claro que assustou e ainda assusta. Afinal, posso ter saúde de ferro, mas sou de carne e osso e tenho filhos pára cuidar.

Nestas três décadas de jornalismo não mudei minha postura e nem pretendo e isto vale para toda e qualquer área. Meu maior protetor sempre foi Jesus Cristo e Nossa Senhora.
Eles sabem o que faço e cuidam de mim até hoje.

Agora mais uma eleição se aproxima e promete ser tão limpa como um chiqueiro de porco sem lavar por um mês. Uma eleição que acena ser tão perigosa como atravessar a BR-277 de olhos fechados.

Por isso, penso que Zé Roberto está correto e não me surpreenderei se eu for alvo de alguma armação e deparar-me com a mesma situação a que viveu Leite e sua família.

Sou filiado ao PT que tem pre-candidato a prefeito, o colega e amigo André Pioli. Mas como membro da família Fernandes tenho como pré-candidata a prefeita, a minha prima, a empresária Vera Lucia Fernandes Trota Telles.

É claro que numa hora como esta o sangue fala mais alto, independente das chances e das condição partidária.

Mas como empresário e dono do Jornal dos Bairros adianto que todos os futuros candidatos a prefeito terão espaço nas páginas do meu jornal, assim como suas chapas de vereadores.

Quero apenas participar do processo eleitoral em paz.

Um comentário: