quarta-feira, 28 de setembro de 2011

A saúde com mais responsabilidade!


Cuidar da vida das pessoas deveria ser o compromisso de maior responsabilidade de prefeitos, governadores e presidentes, levando em conta que a política nasceu com a missão de gerir recursos públicos para que o cidadão tenha uma melhor qualidade de vida.

Para isso, detentores de poder nomeiam agentes públicos para que gerenciem as secretarias que irão suprir as necessidades essas necessidades. A saúde é a mais importante de todas, por essa razão, existe no orçamento municipal um valor específico para cuidar da saúde da população.

Mas nem sempre essa pessoa consegue que seu trabalho ganhe o respaldo necessário para que tudo caminhe bem. E os problemas acabam surgindo, desde a falta de remédios, médicos e um mínimo de organização.

Assim pouco importa quem esteja à frente do comando da saúde quando lhe faltam ferramentas. É isso que ocorre na cidade com a médica Isolda de Barros Maciel que tem feito das tripas coração para suprir a expectativa da população, mas esbarra na falta de estrutura e pessoal.

dezenas de pessoas diante do Centro Municipal de Especialidades enfrentam o frio da madrugada para conseguir uma consulta com neurocirurgião que atende apenas uma única vez ao mês. Deitadas no chão, com cobertores e alguns sem nada para aquecer na madrugada, disseram que se tratava de uma situação normal.

Um absurdo de normalidade com a assinatura da administração José Baka Filho.

Porque isso acontece e o que está errado?

Buscamos esta resposta com a prefeitura, através da Assessoria de Imprensa e ganhou silêncio como resposta.

Nem mesmo uma justificativa a população existiu por parte da prefeitura para com as pessoas que repetiram o voto de confiança do prefeito em 2008, acreditando na sua promessa de cuidar da cidade e das pessoas feita nos muitos palanques montados nos bairros da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário