sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Empresa vai faturar R$ 13 mil da prefeitura com casamento






Está hoje na imprensa o aviso de pregão presencial 140/2011 da prefeitura de Paranaguá pedindo a contratação de uma empresa para realização do próximo Casamento Comunitário na cidade.

O valor estimado é de R$ 13 mil por uma única edição do casamento.

O interessante e porque não dizer suspeito é que todas as edições do Casamento Comunitário foram realizados pelas secretarias municipais, primeiro a extinta Secretaria de Cidadania e Desenvolvimento Comunitário e, agora, pela Secretaria de Ação Social.

Em todas as edições não foi preciso terceirizar uma ação tão simples que qualquer administração municipal não tão competente seria capaz de realizar. Mas terceirizar a coisa se torna suspeita e, mais ainda, cria a ideia de falta de competência numa ação por demais simples.

Apesar que o perfil do secretário da Ação Social, Joquim Guilherme, não se este, por se tratar de uma pessoa extremamente competente.

Mas nada que os vereadores, em tese, fiscais do Executivo, possam averiguar o que está acontecendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário