segunda-feira, 8 de agosto de 2011

363 anos sem muito que comemorar


Nesta edição comemoramos 363 anos de nossa cidade e o sétimo da atual gestão que copia muito bem as administrações virtuais de outras cidades e grandes centros.

Aquela que só se vê pela televisão através da propaganda bonita e cara. Apesar de o novo slogan adotado ter se tornado uma afronta aos parnanguaras: “A cidade que você faz” por nos passar um certificado de incompetência já que não estamos fazendo cidade nenhuma da mesma forma que a prefeitura, a administração vive época de suposta euforia, como a aprovação do empréstimo do BID pelo Senado Federal.

Primeiro que empréstimo tem que ser pago e não é nada pouco, quase 27 milhões de reais. Vive-se ainda a iminência de inaugurar um Aquário Marinho ou Marítimo não se sabe ao certo que não foi programado gastos com manutenção que também não será pouco.

Tornamo-nos um dos 65 municípios indutores ao turismo onde o investimento público nesta área é zero e somos obrigados ver um simples som de suporte a um show nacional pagar mico em plena Praça de Eventos 29 de Julho.

Queremos um Terminal de Passageiros no Rocio numa cidade que perdeu o turismo ferroviário por não ter ninguém para receber meia dúzia de turistas numa Estação Ferroviária, feia e sucateada.

O que temos a comemorar então nestes 363 anos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário