domingo, 3 de julho de 2011

Estilingue para guarda municipal




A foto que abre este comentário é do blog do Sargento Tavares de Maringá (www.blogdosargentotavares.blogspot.com) e traz o seguinte texto: “se em Maringá não fosse os políticos terem medo de encarar a verdade, já teríamos uma Guarda Municipal, bem treinada, bem paga e bem armada, para defender a população. Na verdade falta para nossos representantes coragem, comprometimento e responsabilidade para com a segurança pública dos munícipes e do município”.

Depois da surra que deram no amigo Aldeci Alexandre, um dos muitos bons representantes da Guarda Municipal, em pleno Terminal Urbano, vemos que a realidade da corporação em Maringá não é diferente da nossa. Sem arma há muito tempo, já enrolaram com muitas promessas e a última delas com a pistola Taser. Acredito que estilingue (cetra na minha época) não deve ser burocrático para se conseguir, ao menos.

Porque até agora nossos guardas municipais (inclusive as mulheres) tem de encarar a bandidagem na porrada. Uma vergonha e uma falta de respeito com a vida deste pessoal. Ontem foi uma surra covarde e amanhã, o que será? Com a palavra a prefeitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário