domingo, 3 de julho de 2011

Demora no atendimento marca inicio da 1ª Festa Nacional da Tainha


A chuva fina e fria que caiu na noite da última quarta-feira (22) se manteve neste final de semana e não impediu que um grande número de pessoas viesse para a estreia na versão nacional da 1ª Festa da Tainha em Paranaguá.

Neste domingo a reportagem do JB esteve na Praça de Eventos 29 de Julho e comprovou que um bom público esteve presente na Festa, porém, a estrutura montada não conseguiu atender a demanda e a espera se tornou um fato negativo para estreia. A demora para servir as pessoas ficou em torno de 40 minutos e muitas pessoas acabaram deixando de comer tainha nas barracas e optaram pelos restaurantes.

O mais próximo da área da festa, o restaurante “A Bonbonne” estava com suas mesas lotadas de turistas e moradores locais provando a tainha parnanguara. O empresário do ramo de venda de carros da cidade de Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, Otavio Cerqueira dos Santos (55) que desceu com a família para Festa Nacional da Tainha, depois de aguardar 40 minutos, deixou a barraca e foi experimentar a tainha da Bonbonne.

A reportagem observou ainda que a barraca, ao lado do Portal de Entrada, feita em bambu amarrado com barbante plástico e cobertura de compensado coberta por lona e plástico, estava completamente alagada. As pessoas precisaram desviar da enorme poça d’água que estava no acesso a barraca de lembranças da festa. No seu interior a água formava um “rio” entre as barracas de artesanato, roupas e brinquedos.
Parque pequeno e caro

A reportagem do JB esteve ainda no pequeno parque de diversões montado próximo do palco de atrações. Com poucas opções de brinquedos o parque cobra R$ 4 o ingresso por pessoa, independente da idade, inclusive do acompanhante. O funcionário que vende o ingresso informou que toda e qualquer criança tem de pagar ingresso, mesmo com um ano de idade e seu acompanhante também. Não existe um critério de segurança e bom senso.

Vale lembrar que, a Festa da Tainha é uma realização da prefeitura de Paranaguá, através das Secretarias de Agricultura Pesca e Abastecimento, Fundação Municipal de Turismo e Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca e vai até o dia 10 de julho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário