quarta-feira, 9 de março de 2011

AS MELHORES DA FU



Parabéns a minha escola pelo vice
Para encerrar quero parabenizar ao meu presidente Lito, sua esposa Bete, as filhas Karine e Tenile e outras feras como Xinho, Rafael, Isabele, Carlinhos entre outros pelo 2º lugar da Mocidade Unida do Jardim Santa Rosa (foto)no carnaval deste ano. Bastou a família e a comunidade se tocar que não precisam de ninguém para fazer o que sabem até de olhos fechados que o resultado vem. E tem mais, o meio ponto na bateria, que deveria ter sido 10 (uma injustiça mesmo não estando lá, pois conheço o potencial da rapaziada), garantiu o critério de desempate. Mas todos estão de parabéns por transformarem um enredo ruim (péssimo, na verdade) numa bela história dos 120 anos da Ucrânia. Este foi, sem dúvida alguma, o maior desafio da criatividade de toda comunidade que venceu com sobra. É como diz meu querido presidente Lito “lutar sempre, vencer se possível, desistir nunca”.

E deu São Vicente pela sexta vez
Pela primeira vez desde 1996 não pude assistir ao carnaval de domingo na Avenida do Samba e não pude ver a beleza que foi a nossa escola, a Mocidade Unida do Jardim Santa Rosa que ficou em segundo lugar no carnaval deste ano. Pela sexta vez a São Vicente foi campeã do carnaval parnanguara. Digo seis, porque o título de 2005 foi ganho na pressão política porque na Avenida da Samba e nas notas dos jurados a campeã foi a Santa Rosa. Mas quero parabenizar a criatividade de Tino, a garra e determinação de Nilo e a paixão de toda comunidade que está comemorando mais um título. Agora se foi justo ou injusto, desta vez não posso dizer apenas aqueles que estiveram na Avenida.

Desabafo de chinelo na mão
Não estive na apuração do desfile de carnaval, mas teve um bocado de pessoas que fizeram questão de me contar tudo o que rolou com riqueza de detalhes. Por isso não posso deixar de me somar a Dona Milene, nosso maior símbolo do carnaval de Paranaguá, pela sua garra e amor aos Acadêmicos do Litoral. Fiquei sabendo que, Dona Milene de chinelo na mão (foto), meteu a boca em muita gente por não ter voltado ao Grupo Especial. E pior que vi o seu desfile e posso dizer que estava muito lindo. Mas não posso deixar de comentar a idéia infeliz do carnavalesco de trazer a comissão de frente junto com o carro abre alas. Isto foi fatal. Pela demora na evolução da comissão de frente, pensei que nem tinha. Da saída até a metade do desfile foram duas evoluções. Aí não dá. E pelo jeito os jurados viram como vi e mandaram uma nota 8,5. O 10 neste quesito garantiria o empate com o Leão da Estradinha.

Hoje é dia da minha Santa Rosa
Hoje é dia de desfile das escolas do Grupo Especial e a minha escola, a Mocidade Unida do Jardim Santa Rosa, no presidente Lito e feras como Bete, Tenile, Karina, Xinho, Rafael, entre outros vai levar os 120 anos da Ucrânia para Avenida do Samba. Estive nos ensaios da comunidade e a bateria está tinindo tanto que nota 10 ainda vai ser pouca. Sem carnavalescos importados (ou infiltrados) de outras escolas e metidos a sabichões e tocadores de rabeca, estou bastante otimista este ano. Tive oportunidade de ver algumas alegorias e fantasias e tenho certeza que o público e jurados vão gostar do que verão na Avenida Almirante Maximiano da Fonseca hoje à noite. Estarei lá torcendo, cobrindo e trabalhando.


Comissariado e Conselho de olho

De posse da Portaria 01/2009 nas mãos na cabeça, Conselho Tutelar e o Comissariado de Menores, novamente, estarão juntos na Avenida do Samba de olho nas crianças e adolescentes que estão no publico e desfilando nas escolas. Desde que a juíza da Vara da Infância e Juventude, Gabriela Scabello Milazzo Taques, tornou mais segura a participação de nossos filhos e filhas menores de idade nos festejos de Momo, que a coisa melhorou e muito no quer diz respeito à segurança. Assim sendo é bom lembrar que adolescentes a partir de 13 anos de idade não terão a necessidade de acompanhamento dos pais ou responsável nos desfiles. Crianças de seis a 12 anos os pais terão que estar na Avenida acompanhando os filhos e as menores de seis anos poderão permanecer no desfile das escolas até às 22 horas e as maiores de seis anos e menores de 12 anos deverão estar com crachás.


Amanhã é o dia complicado
Amanhã sim é o dia mais complicado do carnaval com a festa dos blocos de sujo na Avenida do Samba. Muita cachaça na cabeça, alguma droga também e belas mulheres com pouca roupa e comprometidas se misturam com foliões que não usam absolutamente nada disto e a chance de confusão é fácil, fácil. Ontem fiz uma reportagem com o Major Nivaldo, Subcomandante do 9º Batalhão da Polícia Militar, que disse uma frase bem oportuna para todos esses dias de carnaval e amanhã vai valer e muito. “Aquele velho ditado que no carnaval tudo pode, não é verdadeiro, por isso sugerimos moderação e respeito às pessoas e aos foliões”. Com este conselho do Major Nivaldo desejo a todos um bom carnaval, as escolas um bom desfile e aos foliões de amanhã, moderação.


Passagem de ônibus de R$ 2,80
Integração. Essa é a grande piada que os parnanguaras estão acostumados ouvir diariamente na imprensa, quando se fala do transporte coletivo na cidade. E tem mais, o Terminal Urbano é o elo de transbordo para as linhas integradas. Muito bem, partindo deste principio que fizer a integração e precisar fazer o número 1 ou 2 no banheiro no Terminal Urbano vai pagar uma tarifa de ônibus de R$ 2,80. Afinal pagará os atuais R$ 2,50 mais R$ 0,30 da taxa de uso do banheiro e o preço da tarifa foi para a estratosfera. Errado e, certamente, questionável esta cobrança. O banheiro do Terminal
deveria ser gratuito como em toda e qualquer integração do transporte coletivo, da mesma forma que acontece em Curitiba. Por isso pergunto; que integração é essa que não oferece banheiro público, pouca ou quase nenhuma acessibilidade e ainda uma passagem que para o bolso de classe média para alta?

Karen fez sucesso em Gramado
Mais uma vez a beleza da parnanguara atravessou fronteiras e fez sucesso na internacional cidade gaúcha de Gramado. A estudante do colégio estadual Carmen Costa Adriano, Karen Loslayne Neubauer Bento, filha do casal amigo Solange e Aluizio, o Catarina, participou no dia 26 do mês passado de uma concorrida Convenção de Modelos que contou com a participação das melhores agências de modelos nacionais e internacionais. Defendendo a beleza e o nome de Paranaguá, Karen encarou 665 modelos concorrentes e voltou para casa com proposta de nove das 10 principais agências que fizeram seleção para seus casting. Para esta viagem a modelo recebeu o apoio de diversos empresários, políticos e sindicalistas da cidade. Agora cabe a Karen definir uma ou mais agências, apresentar seu book e entrar na carreira. Desejo a Karen sorte nesta sua nova jornada e parabéns a sua mãe, Solange que sempre foi uma guerreira na luta pelo sonho da filha.


E que São Pedro dê uma trégua
Hoje começa o melhor carnaval do sul do país e a expectativa para que supere o ano passado em beleza, público e grana é muito grande por parte da prefeitura e Aesp. Mas desde que descobrimos que até São Pedro faz oposição ao prefeito, ficamos na esperança que ele dê uma trégua na sua revolta e mantenha bem fechadinha as torneiras lá de cima. Meu pessimismo com este carnaval é bem menor que minha enorme vontade para que tudo corra bem e possamos fazer justiça ao título de melhor carnaval do sul pais. Estaremos na Avenida do Samba, hoje, e todos os dias fazendo duplamente a cobertura do carnaval, devidamente equipado com máquina, MP4 e gravador. Diante dos últimos acontecimentos até pensei em levar seguranças também, mas acredito que não será necessário. Até porque a idéia é apenas registrar tudo desta folia que o parnanguara espera o ano inteiro. E que Deus nos proteja.

Enfim, prefeitura priorizou o povão
Disse ontem aqui que estava pessimista quanto a expectativa do carnaval deste ano e, hoje, comecei me animar e por quê? Entra ano, sai ano e as arquibancadas da Avenida do Samba, a Almirante Maximiano da Fonseca, sempre priorizaram os bacanas que ficavam com seus camarotes no melhor local para ver o desfile que é diante da Praça Almirante Tamandaré e ao lado da Fumtur. O povão sempre ficou nas arquibancadas diante da Praça da Marinha, quando as escolas já tinham passado pelos bacanas, jurados e autoridades. Este ano a coisa mudou, felizmente. Parte das arquibancadas está colocada diante da Praça Almirante Tamandaré e vai garantir ao povão a chance de ver as escolas no meu melhor momento. Valeu mesmo a iniciativa e quero parabenizar a pessoa que teve a idéia e conseguiu colocá-la em prática quebrando uma tradição de muitos anos na Avenida do Samba. Não sei quem foi, mas está de parabéns. Show de bola.

Linha Vizinha recorde de atrasos
No Guinnes Book existe todo o tipo de recorde e, alguns deles, sem o menor sentido, mas que consta o registro. Recebi uma mensagem na semana passada de uma usuária da Viação Rocio sobre os constantes atrasos do motorista da Linha Vizinhança. E bota constante nisto. A coisa está tão feia que quero sugerir este motorista e a Viação Rocio para serem inseridos no Guinnes Book na categoria de atraso e empresa que deixa a desejar no atendimento. O pior que esses atrasos da Linha Vizinhança ocorre geralmente no horário das 06:00 às 07:00, quando o movimento não é tão intenso e nem por causa dos buracos. Pois quem sofre com os buracos são os passageiros e sua coluna vertebral. Sem dizer que um dia antes do envio desta mensagem o ônibus tinha quebrado e só veio às 07hs20. Fico imaginando a desculpa verdadeira com cara de esfarrapada de quem chegou atrasado no trabalho e culpou o ônibus quebrado. Com o preço da passagem que já se pode se paga com cartão de crédito ou a prazo, só falta os cobradores trazerem a maquininha. Espero que a dupla dinâmica, Ângelo e Paulo, resolvam este problema até mesmo para justificar os preciosos R$ 2,50 da nova passagem. Vou aguardar.


Cadê lona da Fundesportes?
Durante muito tempo eventos esportivos que rolavam nestas duas gestões em bairros e, algumas vezes, nas audiências públicas, uma lona de circo era usada para dar atendimento. Ocorre que esta lona é da Fundação Municipal de Esportes (Fundesportes) que nunca mais sendo usado nos últimos anos. O que será que foi feita dela?Ainda existe ou fez companhia para as lonas que formavam as velas do palco Tutoia. Eis aí meu primeiro pedido para o novo presidente da Fundesportes, o vice-prefeito faia Elias, informar o paradeiro desta lona. Até porque pessoas que reforçam o grupo da oposição estão satirizando e lembrando aquela brincadeira de criança que diz: “cadê o a lona que tava aqui, o gato comeu”. Veja que isso é verdade.

Injusta reintegração não rolou
Na terça-feira a noite deu pena de ver o desalento e a tensão estampada no rosto do pastor e produtor rural Nivaldo Lischeski diante da possibilidade do cumprimento da reintegração de posse requerida por um homem de União da Vitória de uma área pública onde o pastor montou sua chácara no Ribeirão. É claro, respaldado por uma declaração assinada pela ex-secretária da extinta Regularização Fundiária, Georgette Pesch, para que não ficasse caracterizada como uma invasão. Fiquei sabendo ontem, que a reintegração de posse desta área que a prefeitura tem prova que é pública, não rolou. Mas continua valendo e cabe ao município derrubar a liminar que deferiu pela reintegração de posse, já que é réu no processo com o pastor. Afinal, foi a prefeitura que o colocou nesta área quando teve de retirá-lo da Casa do Mel em 2009.

Justiça ao Leão da Estradinha
Apesar de coxa-branca que sou, tenho acompanhado com preocupação o problema do Rio Branco SC que pode perder até 24 pontos na decisão que rola hoje no Tribunal de Justiça Desportiva. Não entro no mérito do problema ocorrido, pois pelo que já ouvi do advogado do Leão que a diretoria riobranquista não teve culpa pelo impasse. Opinião que não é a mesma de alguns profissionais de imprensa que atuam na área esportiva. Mas pouco importa de quem é a culpa, o importante é que seja feita justiça com o Leão da Estradinha. Digo isso porque o Paraná Clube tem interesse direto que o Rio Branco se ferre e isso não é nada bom. Por isso, fico na torcida para que tudo termine bem e que o Rio Branco lute pelo título deste segundo turno para disputar o campeonato com o meu Coritiba. Algo inédito na história do futebol paranaense.

Pessimista com este carnaval
Não é de hoje que Paranaguá é reconhecida por turistas de todo país como a cidade com o melhor carnaval do Paraná. E de uns anos para cá, a coisa ficou melhor ainda. As escolas investiram, o município também e a AESP ficou mais profissional. Este tripé, escolas, prefeitura e Aesp, guardada as costumeiras e tradicionais mancadas, têm sido merecedores de elogios. Mas este ano ando meio pessimista e quero justificar o porquê. Começamos o carnaval com a tentativa de quebra dos grupos que felizmente não rolou. Depois inventaram dois reis Momo, que também não rolou. Na coletiva da Daniela Mercury, um chá de cadeira de quase uma na imprensa e ainda deixaram de fora rádios e jornais. No Banho a Fantasia, cortejo vestido de camiseta e shorts, porque a fantasia não ficou pronta e, para piorar, o carro de som quebra. Ou seja, meu pessimismo bate com o do Rei Momo que, perguntado no programa “Tá me Tirando” o que espera deste carnaval, foi curto e grosso; “que acabe logo”. Precisa dizer mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário