terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Tarifa da época de Tortato



Dos quatro anos de Tortato, vivi apenas o último (1996), pois morava em Pinhais nesta época. Mas fiquei sabendo como funcionou a questão da tarifa da Viação Rocio no seu mandato. Logo que assumiu, Tortato revogou o último aumento da passagem concedido pelo ex-prefeito Vicente Elias e depois passou seu mandato autorizando aumentos baixos que mantivessem a tarifa no valor de 50% da passagem de Curitiba. Eu disse 50%. Tem mais, em todos os aumentos concedidos, Tortato colocava junto a nova tarifa a relação das 10 passagens mais caras do Paraná, para mostrar que a nossa era a mais baixa. Ele também tornava público o salário do motorista e cobrador. Neste período, a empresa que era a mesma de hoje não quebrou, não fez demissões em massa, não deixou de comprar ônibus novos e o povo tinha uma passagem de ônibus social, de acordo com o bolso do usuário. Se ele ainda fosse prefeito, a tarifa hoje seria de R$ 1,10, ou seja, 50% do preço praticado em Curitiba que por sinal ainda não aumentou. A pergunta que se faz é a seguinte; se foi possível com Tortato porque não nesta gestão? Será que não é questão de competência ou boa vontade com o povo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário