segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Leia amanhã no JB

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Mário Roque pode disputar a prefeitura de Pontal do Paraná





Bom, a fonte não é lá muito confiável, mas o tal do Blog do Esmael, de Esmael Moares, postou ontem a nota abaixo que repercuto, por uma informação nela contida, a dobradinha Mariozinho e Andre Pioli para 2012, o que acho extremamente frágil por virem com o apoio do atual prefeito José Baka Filho.

Vale dizer que será a segunda tentativa de Mariozinho na busca do Palácio São José, na sua pirmiera vez ele dobrou com o PT também, no caso com o Dr. Rochinha (hoje no PSOL) e a dupla foi um fiasco. Somaram pouco mais de 4 mil votos na época.

Por ser petista,posto o comentário como alerta para o amigo e colega, o jornalista André Pioli não entrar nesta fria. Até porque será vice e vice a gente já sabe o que é:pente para careca.

Vamos a nota que pode ser lida também no endereço http://esmaelmorais.com.br/?p=42757


O ex-prefeito de Paranaguá e ex-deputado estadual Mário Roque (PMDB) estuda trocar o domicílio eleitoral para disputar a prefeitura de Pontal do Paraná, no Litoral do estado.

Roque estaria sendo “pressionado” pela comunidade pontalense para entrar no jogo sucessório do prefeito Rudisney Gimenes (PMDB).

Em duas eleições anteriores, o filho do ex-prefeito parnanguara, Mário Roque Filho, disputou a prefeitura e por muito pouco não venceu.

Se Mario Roque das Dores de fato retirar-se no cenário político e Paranaguá para disputar a sucessão de Gimenes, o caminho fica pavimentado para a dobrabinha entre Mário Lobo Filho (PMDB) e André Piolli (PT). Tudo com a bênção do prefeito parnanguara José Baka Filho (PDT), que cumpre o segundo mandato.

Leia hoje no JB

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Ivan Bueno é o assessor de imprensa da Appa




Bola cantada por este o jornalista aqui no blog no dia 17 do mês passado, foi confirmada a assessoria de imprensa do porto de Paranaguá para o colega Ivan Bueno (foto) pelo próprio governador Beto Richa.

De 1996 até 1997 tive o prazer de trabalhar com Ivan no extinto jornal Folha de Paranaguá, quando retomei efetivamente (como gosta de falar o vereador Edu) minha carreira no jornalismo.

Para quem não conhece Ivan vale dizer que o moço tem fama nacional no que diz respeito ao seu talento profissional e já passou por revistas do nível de Isto é e Veja para jornais como o Estado de São Paulo e Jornal do Brasil.

Ele também trabalhou com a família Richa, a partir do saudoso patriarca, o governador José Richa e, hoje, o filho que não é bobo está usando de toda sua bagagem na Appa.

Nesta minha foto no dia da posse de Beto Richa com os colegas Larry Cesar e Mauro Junior (foto), já sabía que isto estava para rolar e antecipei para Ivan votos de sorte na sua nova caminhada.

Diferenças políticas a parte, torço muito por Ivan que, além de um tremendo profissional que é tem toda minha admiração por ser um pai melhor ainda( o Leonardo que o diga), daqueles que baba de orgulho com o filhão, tal qual este jornalista com sua creche (tenho seis filhos).

Desejo para Ivan muita sorte nesta sua jornada e um 2011 cheio de paz, saúde e prosperidade.

FU DE QUINTA-FEIRA

Grana do ISS sob risco
A cautelosa e boa medida de economia pelo governador Beto Richa da suspensão de todos os pagamentos do estado para fornecedores, convênios, contratos, serviços e investimentos em obras por até 90 dias, pode refletir na cidade. A moratória que não inclui as despesas com áreas de educação, saúde, segurança pública e promoção social, poderá envolver o bloqueio a repasses para prefeituras. O governador pretende analisar os contratos e convênios para verificar a validade dos pagamentos. Ou seja, vai dar uma peneirada para separar o “esquema” do necessário. E com o ISS do porto bloqueado, a cidade deve dançar por mais um tempo na grana devida pela Appa. Coisa que poderia ser conversada antecipadamente pelo prefeito Baka já na posse e transmissão de cargo de Richa no dia 1º. Pena que o prefeito não foi.


Ponto de ônibus verdade
Depois dos novos pontos que estão sendo colocado na Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, feitos de encomenda para “ensopar” os usuários do transporte coletivo nos dias de chuva, recebi algumas mensagens falando sobre o assunto. Como a grande maioria falava o que merece ouvir o “inteligente” que pagou pelos pontos, quero repassar a sugestão de um leitor mais comedido e coerente que sugeriu algo passível de ser aproveitado. Depois despejar sua ira (que compartilho também) contra os vândalos dos bens públicos, Antonio Marco de França, sugere a adoção do modelo dos pontos de ônibus existente na extensão da BR-227, que alguns chamam erroneamente de Avenida Ayrton Senna. Eles são de concreto, tem boa proteção contra sol e chuva, com bancos e, há décadas, permanecem intactos. Dispensa até manutenção constante, algo que a prefeitura não costuma mesmo de fazer. Eis aí uma boa sugestão para prefeitura.


Sai Catito entra Adriana

Para encerrar quero parabenizar o bom trabalho feito ao longo dos últimos dois anos do amigo desde a época dos movimentos cristão, Catito que passa a Chefia de Gabinete do presidente Ricardo para Adriana Albini que responde pela Administração Regional de Alexandra. Não posso falar pelos colegas de imprensa e pelos funcionários do Carijó, mas para este profissional de imprensa Catito sempre prestou um bom atendimento em toda e qualquer ocasião, inclusive nas polêmicas. Por isso desejo sorte ao amigo nos seus novos empreendimentos.

FU DE QUARTA-FEIRA


“Jeitinho municipal” de resolver
Dia 9 de novembro do ano passado, um Termo de Audiência assinado pelo Promotor de Justiça, Maximiliano Ribeiro Deliberador e pela Promotora de Justiça, Cristina Corso Ruaro, resultou na obrigação das prefeituras de retirar tachas, tachões e tartarugas (calotas) e na regularização das lombadas das vias públicas num prazo de 90 sob pena de multa de R$ 5 mil por dia. A Folha fez a matéria e a prefeitura garantiu a retirada dentro do prazo. Só que pelo jeito está usando o seu conhecido “jeitinho municipal” para cumprir o Termo de Audiência. Ou seja, retirando tachas e tachões da cidade e jogando literalmente na rua. Olha só o monte jogado ao lado do muro do Centro de Apoio ao Marinheiro (FOTO MAIOR) em pleno centro da cidade. O que é isso, companheiro?

Grande exemplo a ser seguido
Entre as primeiras ações do governador Beto Richa que visam a lógica da prudência financeira, do bom senso e da responsabilidade com a grana pública, a que se refere o Brasão do Estado deve servir de exemplo para outros estados e, mais ainda, prefeituras. Richa anunciou que o símbolo oficial do Paraná será o Brasão do Estado, acabando com o uso de marcas pessoais dos governantes. Aquela historia de “Paranaguá de cara limpa”, “De vento em popa”, “No rumo certo”, “A cidade que a gente faz”. Tudo isso custa muita grana e é algo extremamente supérfluo e, por demais, vaidoso. Essa medida vai proporcionar uma enorme economia, já que não será preciso alterar os símbolos em frotas de veículos, escolas, hospitais e outras estruturas. Mandou muito bem o governador.


Projeto Ilhação em Eufrasina
Recebi e agradeço a mensagem e fotos enviada pelo Pastor Reinaldo sobre o seu Projeto Ilhação realizado na Ilha de Eufrasina no domingo (2). Acompanhando de um grupo de 40 pessoas do Projeto Ceifar de Campo Largo, foi feita a entrega de dezenas de cestas básicas, bíblias e muitas visitas aos moradores da Ilha de Eufrasina. O pastor informa que durante este mês o Projeto se repete em outras Ilhas de nosso lindo litoral atendendo sempre a população carente das comunidades pesqueiras. É isso aí.

Quem será o líder este ano?




Depois da eleição da nova Mesa Executiva da Câmara de Vereadores (foto) a grande pergunta que se faz aos quatro cantos da cidade é uma só; quem será o líder do prefeito na Câmara?

Tarefa inglória que desde 2009 (defender o indefensável) foi exercida, pelo atual presidente Jozias de Oliveira Ramos com certa ajuda dos vereadores Frisoli e Leite Junior.

Mas com Frisoli no porto e o presidente sem poder fazer a defesa, quem vai descascar este tremendo abacaxi?

Até porque entre as opções restantes, com exceção de Leite Junior, a eloquência não é o forte do restante do novo G-6. Digo isso considerando que Ricardo assuma uma postura independente a partir de 2010, porque este fala e muito bem.

Vamos aguardar o fim do recesso e retorno das sessões para ver.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Litoral já tem o seu Secretário Especial do Governo





Em reunião realizada na manhã do dia 6 de janeiro, o Governador Beto Richa oficializou no Palácio das Araucárias o convite que me (foto) fez em dezembro para ser o Secretário Especial do Governo no Litoral.

Agradeço a confiança do Governador Beto Richa em poder assumir como Secretário Especial do Litoral, pois sou do litoral e conheço a realidade dos sete municípios.

Vou trabalhar em prol dos interesses da população do litoral paranaense, sempre buscando as parcerias com as Prefeituras, vereadores, associações comerciais, sindicatos, entidades classistas, associações de moradores, lideranças da comunidade e organizações não-governamentais.

Após a audiência no Palácio das Araucárias, eu, o Governador e o Deputado Estadual Alexandre Curi fomos almoçar e a pauta era: as necessidades do litoral.

Eu acredito no Governo do Paraná e através do nosso governador Beto Richa sei que juntos vamos fazer muito mais pelo nosso litoral.

Do Blog do Xiquinho