segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Mulheres Empreendedoras são incentivadas por Jozaine Baka


Hoje em dia um terço das pessoas envolvidas em atividades empreendedoras são mulheres. Em números absolutos o posicionamento do Brasil é ainda melhor. Segundo dados da Unindus, (Universidade da Indústria, do Sistema Fiep),o país é o terceiro no ranking mundial, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e da China.

Dos 13 milhões de novos empreendedores no Brasil, 6,3 milhões são mulheres. Hoje, as políticas públicas do governo federal, estadual e municipal estão voltadas para o setor, com incentivo especial às mulheres. “A sociedade e as instituições estão promovendo um reconhecimento para com as mulheres.

A possibilidade de gerarem a sua própria independência financeira é uma forma de elevar a auto-estima delas.” afirma à candidata a deputada Estadual pelo PDT, Jozaine Baka, que foi secretária Municipal de Planejamento e presidente do Provopar-Paranaguá. Um dos programas criados por Jozaine para seu governo é o Credsolidário – baseado numa bem sucedida experiência realizada pelo Provopar de Paranaguá, onde 60 mulheres da Caravana Solidária tiveram a oportunidade para mudar de vida.

Fernanda Palotina Prestes do Amaral, 25 anos, mãe de cinco filhos, moradora da Vila Garcia é um exemplo de superação alcançada dentro da Caravana Solidária. “Estou a um ano no projeto e a minha vida mudou muito. Antes eu estava desempregada e a minha renda era a bolsa família e o artesanato, muito difícil de vender. Depois que entrei na Caravana a minha auto-estima foi lá em cima e melhorou muito com a amizade que fiz com o grupo.

Hoje, através da oportunidade, estou vendendo o artesanato e estou empregada. A minha vida é outra”, reconhece Fernanda. O programa de desenvolvimento social prevê a capacitação e um pequeno empréstimo para ser investido num talento. ”Assim, mulheres de baixa renda começam o seu desenvolvimento passo a passo para o crescimento” defende Jozaine, acreditando que confiar e fazer o primeiro empréstimo é muito importante e faz a verdadeira diferença para estas mulheres.

“Quando estas mulheres conseguem a sua independência financeira, estamos também contribuindo com a igualdade dos sexos, pois a igualdade dos gêneros é o terceiro objetivo estimulado pela ONU para estabelecermos, até 2015, um mundo melhor", finalizou Jozaine Baka.

Nenhum comentário:

Postar um comentário