terça-feira, 24 de agosto de 2010

Caminhões bloqueiam ruas e dificultam trânsito no Jardim Esperança


Problema que vem gerando discussões entre moradores e motoristas, o estacionamento de caminhões nas estreitas ruas do bairro do Jardim Esperança estão sendo alvo de denúncias pelo presidente da Associação de Moradores do Jardim Esperança, Erickson Rodolfo Lagos Torres e sua mãe, Lúcia Lagos Torres, presidente do Grêmio Recreativo, Esportivo e Cultural Jardim Esperança de Paranaguá.Os motoristas usam as ruas como estacionamento e ocupando quase todo o espaço da via pública dificultando o tráfego de veículos pequenos, motociclistas, ciclistas e pedestres. Segundo o presidente os caminhoneiros sequer respeitam a legislação de trânsito que obriga manter um espaço antes de casa esquina e acabam fechando a visão dos motoristas que transitam nas ruas vicinais. Ele cobra fiscalização do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) que se concentra na área central e esquece o tráfego de veículos nos bairros, principalmente os mais distantes. No domingo (15) dois caminhões praticamente fecharam a Rua das Codornas, um deles estacionou na esquina quase avançando para a rua perpendicular, tirando toda visão de quem transitasse naquele local. A presidente do Grêmio, Lucia, disse temer que uma situação como esta provoque algum acidente envolvendo uma criança, uma vez que elas são muitas no bairro. “É preciso que o Demutran tome alguma atitude antes que algo ruim aconteça”, disse Lucia.

Um comentário:

  1. Infelizmente isto não acontece apenas no jardim Esperança.Como foi citado acima,a demutran concentra quase todo o seu contingente no centro da cidade e esquece de fiscalizar os bairros.A consequência disto é um trânsito perigoso, estressante e principalmente uma "CIDADE DESTRUÍDA PELOS BURACOS",que apesar de o asfalto não ser de primeira (acho que nem de segunda)a principal causa dos buracos são os caminhões.

    ResponderExcluir