quarta-feira, 5 de maio de 2010

88% dos eleitores parnanguaras estão sem partido


Em época de eleição, quer geral ou municipal, o que tem de presidente partidário valorizando seu passe para faturar uma boa grana ou altos cargos não é brincadeira. Toda eleição municipal vemos muito disso, inclusive de quem não é presidente e ameaça com candidaturas majoritárias e proporcionais só para ter seu passe comprado, literalmente falando.

Neste ano não será diferente. Mas hoje quero me ater aos presidentes partidários, estes mesmos que estão com cargos, empreiteiras ou levando um PF da prefeitura (como dizem as más e bem informadas línguas).

Tem presidente de partido que se sente mais importante que vereador ou secretário e, quando não acerta com o grupo político dominante e rico, vende sua densidade eleitoral para os candidatos que vem de outras regiões, na maioria das vezes, com uma tremenda propaganda enganosa, vendendo o partido como se tivesse milhares de filiados.

Mas este jornalista vai fazer um enorme favor para todos os que vem de fora buscar votos aqui e, quem sabe, até mesmo para o prefeito José Baka Filho (por incrível que pareça) que anda pagando gato por lebre, partidariamente falando, é claro.

Acabei de fazer um levantamento de todos os filiados nos 25 partidos em atividade e obtive números que impressionam, na mesma medida que decepcionam, levando em conta o presidente partidário e o grau de suas benesses.

Não vou aqui pormenorizar o levantamento porque ele estará com números (filiados), nomes e fotos (presidentes partidários)na próxima edição do Jornal dos Bairros. E aí quem quiser recortar e andar com ele no bolso na hora de negociar com um presidente poderá comprar o JB que estará nas bancas a partir de terça-feira.

Mas vou dar alguns números que irão despertar a atenção (e também a ira) de muitos poderosos e pré-candidatos. Tendo por base dados do TSE e do TRE posso afirmar que apenas 12,93% eleitores estão filaidos em algum dos 25 partidos na cidade. Ou seja, 88,07% estão esperando o convite para se filiar.

E quem pensa que o PDT, que está no poder, é o partido com o maior número de filiados está redondamente enganado. Ele está em 4º lugar. E olha que já postei que conheço 58 filiados do PDT que possuem cargos comissionados. Este pessoal bem que poderia dar a contrapartida para o partido e filiar seus parentes e amigos. Assim o PDT dispararia e assumiria a liderança no ranking.

Mas teve um monte de secretários que, mesmo ganhando uma grana preta por mês desde o inicio da primeira gestão de Baka, só se filiou a partir de 2007 e 2008.

Aguardem a reportagem especial sobre este assunto que o JB trará na próxima semana.

AJUDE ESTE JORNALISTA MANTER ATUALIZADO ESTE BLOG E, ANTES DE SAIR, CLIQUE EM UM DOS COMERCIAIS. OBRIGADO

Nenhum comentário:

Postar um comentário