quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Aos anônimos (as) de Morretes!

Em razão das 1238 postagens feitas na informação sobre o prêmio de Amilton de Paula eleito melhor prefeito do litoral neste ano e ganhador do Troféu Imprensa de Paranaguá me vi obrigado tecer alguns comentários. É bom que se diga que não tenho o hábito de responder para quem se esconde no anonimato, por serem pessoas covardes, fracas, sem nenhum caráter e nenhuma personalidade. Mas em respeito as poucas pessoas que assumiram seus comentários, faço as seguintes considerações:

1 - De todas as 1238 postagens separei 19 supostas denuncias que, de fato, irei investigar. Até porque entendi que algumas postagens foram feitas por pessoas que me conhecem e, mesmo assim, não se deram ao trabalho de enviar a denuncia diretamente ao meu endereço eletrônico pedindo sigilo da fonte, o que já depõe contra a denuncia;

2 - Fiquei extremamente surpreso com o nível de escolariedade dos denunciantes, coisa de quem concluiu o ensino primário sendo empurrado pelo Conselho Escolar. Erros absurdos e gritantes. Isto por sí só deixam a denuncia prejudicada;

3 - Deu para perceber que 90% das denuncias são de "viúvos e viúvas" do grupo político do ex-prefeito Helder Teófilo dos Santos, portanto está mais para dor de cotovelo do que outra coisa;

4 - Tem um idiota que chegou ao cúmulo de mentir dizendo que Amilton havia sido eleito antes de setembro e que teria de pagar R$ 480,00 do prêmio. Um verdadeiro idiota, pois a escolha não foi feita em setembro e sim em outubro. E neste evento, paga sim, o homenageado que optar por receber o troféu na festa de premiação com direito a jantar, shows, midia e tudo mais. Porém, quem decide receber o troféu após a festa, não paga absolutamente nada, como ocorreu nas duas versões anteriores;

5 - Ainda sobre o troféu, cabe a este jornalista e blogueiro, apenas organizar o evento junto com meu sócio, o também jornalista Thiago Campos do jornal É Gol Noticias. Nenhum de nós dois vota ou é votado no evento, assim como nossos veículos de comunicação e nem nossos colaboradores;

6 - Os profissionais de imprensa que votam se baseiam nas notícias veiculadas na imprensa, é claro, pois trata-se do Troféu Imprensa de Paranaguá. E ninguém soube de qualquer uma destas supostas denuncias veiculadas em jornais ou faladas em rádios e televisão;

7 - Quero ressaltar e parabenizar a coragem e o caráter de pessoas como Orlei Antunes e Katia de Fátima Cardozo, que responderam aos anônimos, coisa que nem era necessário, por se tratar de covardes anônimos;

8 - Retornei com a reportagem e, agora, todos que postarem terão seu IP identificado e quero ver se alguém terá coragem de assumir suas denuncias, pois desde já AUTORIZO, a Polícia Federal e o Ministério Público acessarem este blog no interesse da defesa das pessoas aqui mencionadas;

9 - Para quem desejar fazer as denuncias preservando sua identidade podem fazê-lo através do meu endereço eletrônicos pessoal e profissional que são; gilbertofernandes60@hotmail.com ou jornalismo@jornaldosbairrosparanagua.com.br;

10 - Para finalizar peço desculpas para todas as pessoas que foram caluniadas por causa desta minha reportagem, pois era uma postagem antiga e não tenho todo o tempo necessário para me dedicar ao blog e agradeço de coração a uma senhora que teve o trabalho de me ligar e informar do que estava ocorrendo, onde pude tomar as devidas providências.









2 comentários:

  1. parabens pela tua postura, mas quero deixar uma ressalva, o povo de Morretes no geral não tem nada a ver com o absurdo que meia duzia de inermes, acoitados nas sombras bandidas do anonimato promoveram no teu blog. E digo para vc amigo Gil, destas mil e poucas postagens 98% é originária dos computadores publicos, essa gente envergonhou morretes.

    ResponderExcluir
  2. Que coisa horrível Orley, inimigo dentro da fronteira. Amilton que tome cuidado pq aqui ocorreu o inverso, o prefeito que elegemos se voltou contra os amigos e abrigou os inimigos. Uma pena. Bom, quero te desejar um 201q0 cheio de paz, saúde e prosperidade.

    ResponderExcluir