sábado, 21 de março de 2009

Colégio construído em terra de ninguém

E não é que o Colégio Estadual São Francisco do Emboguaçu foi construído numa área que a prefeitura, na época, sequer sabia de quem era? Uma vergonha sem tamanho para o prefeito e para os secretários de educação, jurídico e de obras da época.

A coisa é tão absurda que somente agora, o diretor Claiton Rocha com ajuda do vereador Leite Junior descobriram esta prova de incompetência administrativa municipal. E porque? Por causa do problema da falta de espaço e necessidade de construção de uma nova cozinha no colégio.


Está certo que o prefeito da época fez esta mancada, mas todos os que vieram depois dele, enquanto o colégio era municipal, também foram solidários neste erro.


Fico imaginando como o colégio foi idealizado na época, penso que foi mais ou menos assim; o prefeito quis fazer uma média com os moradores do Emboguaçu e mandou fazer o colégio, havia este terreno baldio e os incompetentes da época disseram "vamos fazer aqui a escola" e alguém até chegou perguntar; mas de quem é o terreno? e Obteve a seguinte resposta; sei lá, mas não importa, vamos aqui mesmo. Só pode ter sido assim. Não tem outra explicação.


Um documento pedido pelo vereador confirmou mesmo que o colégio foi construído numa área devoluta e sem registro de titularização. Ainda bem que a área está com todo seu espaço ocupado, senão seria alvo de invasão da noite para o dia depois desta informação. Mas o diretor, hoje, levando em conta esta situação não tem como impedir alguém que resolver montar uma barraca dentro da escola, afinal o Estado não é dono da área mesmo.

Um comentário:

  1. Estava "passeando" pelos posts antigos e deparo com essa informação absurda.Essa área devoluta, que supunhase ser do estado é da Prefeitura. É só checar no patrimônio do estado e ver que não há registro. O que falta é averbar a área no cartorio de registro de imóveis.Consulte seus amigos:Luis Affonso,Vânia ou Ayro para confirmar. Se eles não souberem,consulte engenheiros e/ou arquitetos antigos da Prefeitura ou , advogados(com A maiúsculo),como DR. SEbastião,Dr. Valinas,etc. Informe bem seus leitores....

    ResponderExcluir