quarta-feira, 4 de março de 2009

Agora é fato, acabou mesmo o G-6!


Quem gosta de política e perdeu a sessão da Câmara de Vereadores de ontem tem muito a se arrepender. Foi uma verdadeira guerra declarada entre situação e oposição. E teve de tudo, desde discussões em bom nível, mancadas a bate boca do pior estilo lavadeira. Ricardo confirmou a saída de João Mendes do Grupo dos Seis e detonou o vereador tornando pública algumas de suas denuncias contra a atual administração. Mas Ricardo metralhou para todos os lados, sobrando para Sandra do Dorinho, Leite Junior e Leocádio. Agora o alvo maior do presidente foi o secretário de Serviços Urbanos, Rudi, no plenário Ricardo simplesmente ligou o ventilador e deu descarga ao mesmo tempo. Depois, mais calmo, no comando da sessão mandou ver nas votações que faziam convocações de secretários e presidentes de autarquias e pediam informações e cópias de contratos, não passou nenhuma. O que era mais que natural, já que o G-6, agora, é situação e não mais oposição com João Mendes na parada. Foi uma enorme derrota do antigo G-6 que se tornou G-5 e tem tudo para virar G-4 e até mesmo G-3. Agora pergunto isso é de surpreender alguém? Não, nem um pouco, pois num passado não muito distante o ex-prefeito Roque disse em alto e bom tom que na Câmara tinha "16 no bolso e 3 bobos". Esse negócio de mudar de time é comum e não condeno a atitude de João Mendes, pois não sei os motivos que o levaram optar por entrar na bancada de apoio ao Baka. E tem mais, não vejo isso, como algo do outro mundo, diria que faz parte da política de nossa querida Paranaguá.

Um comentário:

  1. Não acho um absurdo o que o João Mendes fez. O acordo com o Ricardo era para a presidencia da camara.

    ResponderExcluir