sábado, 21 de março de 2009

Colégio construído em terra de ninguém

E não é que o Colégio Estadual São Francisco do Emboguaçu foi construído numa área que a prefeitura, na época, sequer sabia de quem era? Uma vergonha sem tamanho para o prefeito e para os secretários de educação, jurídico e de obras da época.

A coisa é tão absurda que somente agora, o diretor Claiton Rocha com ajuda do vereador Leite Junior descobriram esta prova de incompetência administrativa municipal. E porque? Por causa do problema da falta de espaço e necessidade de construção de uma nova cozinha no colégio.


Está certo que o prefeito da época fez esta mancada, mas todos os que vieram depois dele, enquanto o colégio era municipal, também foram solidários neste erro.


Fico imaginando como o colégio foi idealizado na época, penso que foi mais ou menos assim; o prefeito quis fazer uma média com os moradores do Emboguaçu e mandou fazer o colégio, havia este terreno baldio e os incompetentes da época disseram "vamos fazer aqui a escola" e alguém até chegou perguntar; mas de quem é o terreno? e Obteve a seguinte resposta; sei lá, mas não importa, vamos aqui mesmo. Só pode ter sido assim. Não tem outra explicação.


Um documento pedido pelo vereador confirmou mesmo que o colégio foi construído numa área devoluta e sem registro de titularização. Ainda bem que a área está com todo seu espaço ocupado, senão seria alvo de invasão da noite para o dia depois desta informação. Mas o diretor, hoje, levando em conta esta situação não tem como impedir alguém que resolver montar uma barraca dentro da escola, afinal o Estado não é dono da área mesmo.

Colégio São Francisco fecha Rua Tufi Maron

Carregando um boneco enorme representando o "mostro da indiferença" alunos, pais, direção e professores do Colégio Estadual São Francisco de Assis, fizeram um protesto pacífico que fechou a Rua Tuffi Maron na sexta-feira (20) no bairro do Emboguaçu em Paranaguá.

Organizado pela comunidade e com apoio do Diretor do colégio, o professor Claiton Rocha, o movimento impediu a passagem dos carros por cerca de uma hora. O objetivo foi de sensibilizar o Núcleo Regional de Educação de Paranaguá e o Governo do Estado para que resolvam o problema da falta de merenda, provocado pela lacração da cozinha do colégio que está sem as mínimas condições de uso.

O movimento contou ainda com o apoio da APP/Sindicato, através do Secretário de Saúde e Previdência da Entidade, professor Idemar Beki e do vereador José da Costa Leite Junior (DEM).
O diretor Claiton garantiu a comunidade que o colégio não será fechado e ganhou o apoio do vereador Leite Junior e dos outros 10 que também manifestaram apoio na sessão de quinta-feira.

O ato público resultou numa reunião às 17 horas no NRE com o Assistente Técnico Beto Correia, a coordenadora do setor de obras da Fundepar, Maria José Miranda, coordenadora de Infraestrutura, Izanete Juçara Santos, juntamente com o diretor Claiton Rocha, o vereador Leite Junior, professores e o vice-diretor, o assessor especial da prefeitura de Paranaguá, Luis Affonso da Silveira e uma professora do colégio que só falou bobagens atrasando e atrapalhando a reunião.

Depois de ouvir as reivindicações da comunidade, Beto Correia garantiu que os alunos não irão ficar sem merenda e apresentou alternativas emergenciais para este problema, entre elas a possibilidade de terceirização. Quanto a construção de uma nova cozinha, que é o principal problema do colégio, o Assistente Técnico disse que o superintendente da Secretaria de Estado da Educação, Luciano Melwes, garantiu a construção de uma nova em 120 dias.

terça-feira, 17 de março de 2009

Beatriz Modesto, opção de propaganda!



Integrada ao casting de modelos da Fashion Model's, Beatriz Modesto (13) estudante que representa o Paraná no quadro "Soletrando 2009" da Rede Globo de Televisão realizado no Programa Caldeirão do Huck, está disponível para comerciais de caráter educacional e marketing de empresas interessadas em contratar a parnanguara para divulgação de seus produtos. Interessados fazer contato pelo celular (41) 9998-1521 ou pelo endereço eletrônico fashionmodels@live.com.pt

Beatriz Modesto e Grazzi Massafera no Projac


Paranaenses, belas, inteligentes e com algo em comum, as duas tem profunda ligação com nossa querida Paranaguá, Beatriz Modesto e Grazielli Massafera, tiveram a oportunidade de se conhecerem no Projac neste mês. O encontro rolou durante as gravações do Programa Soletrando 2009 do Caldeirão do Huck, onde Beatriz Modesto representa o Paraná na competição.

Com seu sorriso cativante e uma beleza juvenil, a parnanguara Beatriz fez o maior sucesso nos corredores do Projac. Ela encontrou vários artistas, entre eles a paranaense de Barra do Jacaré, a atriz global, ex-BBB e Miss Paraná Oficial em 2004 (não foi do concurso do Danilo D'Ávila), Grazielli Massafera.

Na entrevista que Beatriz concedeu ao nosso jornal Beatriz comentou o encontro, “ela foi muito simpática e quando falei que era daqui, ela ficou toda empolgada e começou a contar dos sobrinhos dela que moravam aqui”.

Além da Grazi, Beatriz teve contato com os BBBs Ralf, Mirla e Emanuel e com os jogadores do Flamengo. Todos eles estavam hospedados no mesmo hotel que Beatriz ficou com a mãe Vivian.

Beatriz Modesto com a Chefe do NRE


Nesta segunda-feira (16), a bela estudante Beatriz Modesto, hoje, integrante do casting de modelos da Fashion Model's, visitou a Chefe do Núcleo Regional de Educação de Paranaguá,a professora Maristela Quintana Bernardi.

Ela estava acompanhada de sua inseparável e também simpática e bela mãe, Vivian, da diretora Lucimar e da vice Jonsimar, do presidente do PCdoB, Gerson Campos e deste bloguista que está fazendo o trabalho de seu empresário. A conversa foi excelente e muito produtiva, Maristela, já havia se antecipado de nossas pretensões e falou da idéia de levar Beatriz para ter um encontro com a Secretária de Estado da Educação, Ivelyse Arco-Verde.

Beatriz é a prova viva para todo Brasil da boa qualidade de ensino do Paraná, assim seria interessante e como um bom exemplo usar sua imagem em propagandas institucionais ou material didático da Secretaria de Estado da Educação (SEED). A estudante pode ser beneficiada com a oferta de uma bolsa de estudo universitária ou ainda o repasse de recursos, em razão da venda de sua imagem, para custear seus estudos no futuro. Maristela ficou de agendar o encontro com a secretária da SEED.

Agora vamos torcer para que isso dê certo e nossa parnanguara comece ilustrar sites, folders, cadernos, livros, capa de caixa de lápis de cor e coisas do gênero.

Beatriz Modesto faz sucesso no Projac


A temporada 2009 da atração “Soletrando” que estreou no sábado no programa “Caldeirão do Huck”, comandado pelo apresentador Luciano Huck, mostrou o nível de inteligência, descontração e beleza da representante do Paraná nesta competição, a parnanguara Beatriz Modesto (13),estudante do Colégio Estadual Zilah Batista. Ela embarcou para o Rio de Janeiro, onde participou das gravações das primeiras eliminatórias da competição e fez o maior sucesso no Projac.

Beatriz disse que em nenhum momento ficou nervosa, mas não se sentia a vontade dentro da cabine. Um contrato de sigilo com a Rede Globo impede Beatriz de informar o resultado da gravação até o próximo sábado quando o programa será exibido.

A mãe de Beatriz, Viviane Keiko Kozuru que a acompanhou na viagem juntamente com a diretora do colégio, a professora Lucimar, observou que todos os estudantes do quadro estavam bem preparados. Ela disse que todos os dias foram bem corridos, mas tiveram a oportunidade de conhecer um pouco da “cidade maravilhosa” e até o Maracanã, onde Beatriz assistiu uma partida do Flamengo, seu time do coração.

Bastante simpática e extrovertida, Beatriz fez muito sucesso nesta sua passagem pelo Projac, entre muitas câmeras e flashes, ela recebeu três propostas de trabalho, duas de produtoras cariocas e uma de uma agência que tem interesse de lançar ela em uma campanha de roupas para jovens. Ainda no Rio de Janeiro, Beatriz encontrou vários artistas, entre eles a paranaense Gazielli Massafera que ela sempre foi sua admiradora. Além da Grazi, Beatriz teve contato com os BBBs Ralf, Mirla e Emanuel e com os jogadores do flamengo.

No próximo sábado, a partir das 14 horas, poderemos ver no programa do Luciano Huck, como Beatriz foi na sua apresentação defendendo as cores do Paraná.




Concurso de Danilo D´'Ávila não é oficial




Deu na Folha on line
no dia 04/04/2007 às16h21



Ex-deputado Roberto Jefferson vai cantar na final do concurso Miss Brasil
Regiane Soares da Folha Online
O presidente do PTB, Roberto Jefferson (foto), terá uma participação especial na final do concurso Miss Brasil que acontece hoje à noite, no hotel Nacional, em Brasília. Além de fazer parte do júri que elegerá a mais bela brasileira, o ex-deputado vai cantar três músicas de seu repertório lírico. O convite partiu do presidente e organizador do evento, Danilo D'Ávila.

Ex-deputado Roberto Jefferson vai expor dote artístico na final do concurso de Miss Brasil"Convidei o deputado porque ele é meu amigo. Ainda não sei quais as músicas que ele vai cantar. Só sei que hoje eu pago a minha dívida com ele [Jefferson]", afirmou D'Ávila, ao lembrar que tinha compromisso com Jefferson desde o concurso do ano passado.Segundo D'Ávila, Jefferson vai cantar no "transcorrer do concurso", quando for anunciado o Festival Internacional da Canção Sul-Americana.
Segundo o organizados, o festival tem como objetivo o lançamento de cantores latino-americanos que ainda não estão na mídia internacional.Questionado sobre a possibilidade de o ex-deputado participar do festival, D'Ávila não descartou a possibilidade: "Se ele se enquadrar em um dos estilos, por que não?", respondeu.
O concurso Miss Brasil que se encerra hoje em Brasília não é o oficial, o Miss Brasil 2007, que envia a vencedora ao Miss Universo.

segunda-feira, 16 de março de 2009

Teatro da Ordem retoma sua origem


Finalmente o Teatro da Ordem retomou sua origem e voltou a ser igreja. Esta acertada decisão de devolver o prédio à Mitra Diocesana nos deu um novo espaço para cuidarmos de nosso espírito, agora, todas as segundas-feiras ao meio-dia. Como disse em minha coluna no jornal Folha do Litoral foi uma ideia infeliz, para não dizer idiota, transformar aquele espaço em teatro.

O local é horrível, palco pequeno, iluminação é um desastre e a acústica não funciona. Nunca soube de uma peça com 400 espectadores como falou François Rios na comunidade Debates de Paranaguá, que abriga muitos viúvas e viúvas de Roque, Nélio e Maron Filho, como o próprio François. Até porque um público assim seria notícia e não lembro de ter lido ou ouvido na rádio sobre esta façanha.

Na única vez que lá estive, fiquei mais de uma hora sentado numa cadeira de plástico assistindo a encenação e saí de lá com uma dor nas costas. Neste dia tinha pouco mais de 20 pessoas assistindo a peça que por sinal era boa e realmente era do Irajá Pereira, com chutou e acertou François.

Só que aquela palhaçada de quererem brigar para que o Teatro da Ordem fosse mantido foi a maior prova da mais pura politicagem burra, aquela que é feita por fazer, por ser oposição, por dor de cotovelo mesmo de ter perdido uma eleição, coisa boba e sem futuro. Até porque tratava-se de uma situação irreversível. A briga tem e precisa ser pelo imediato funcionamento do novo Cine-teatro, isto sim, é uma causa que deve ser abraçada.



Miss Paraná 2009 do ginásio não é oficial


É bom que todos saibam que o concurso Miss Paraná 2009 feito neste domingo (15), no ginásio de Esportes Joaquim Tramujas, não é o concurso oficial que dá direito da vencedora disputar o Miss Brasil Oficial e o Miss Universo.


Este evento feito em nossa cidade conta com a organização de Danilo D’Avila que já teve autorização para fazer o evento tradicional e perdeu a franquia, conforme informou a promoter Leslie Camargo e que gerou o comentário do jornalista Alexandre Motta da Rádio Litoral Sul FM.


Portanto, a Miss Jandaia do Sul, Amanda Silveira (foto). ganhadora do carro 0 km leva a coroa de Miss Paraná 209 versãp Danilo D'Ávila e participará do concurso Miss Brasil 2009, que não é o tradicional e depois no Miss Globo Internacional.


A principal diferença deste Miss Paraná 2009 realizado em nossa cidade para o tradicional realizado em Maringá pela BMW Eventos que é a única empresa no Paraná credenciada ao tradicional Miss Brasil, transmitido pela BAND e dá direito de participar do Miss Universo, foi o número de cidades participantes.


Enquanto o de domingo teve 27 cidades no evento, o concurso tradicional feito em Maringá conto com 56 candidatas e a presença de diversas personalidades da beleza nacional, entre elas a primeira e única Miss Brasil negra, Deise Nunes.


Acho válida a iniciativa da prefeitura de investir em eventos de beleza na cidade, mas seria interessante para o prefeito José Baka Filho tentar trazer até a cidade o concurso oficial do Miss Paraná feito pela BMW, pois a realização e cobertura da mídia é infinitamente superior ao concurso feito por Danilo D'Ávila.


Só lamento que, mesmo não sendo o tradicional, a nossa bela Miss Paranaguá 2009 versão Danilo D'àvila, Fernanda Pietrobelli Xavier não tenha vencido o concurso, pois para mim ela era mais bela de todas as que vi na foto. Só que o segundo lugar já é uma vitória, por ser seu primeiro evento de âmbito estadual.

segunda-feira, 9 de março de 2009

R$ 6 mil de viagra na Estiva


Comentário deste bloguista feito na coluna "Folha Urgente" do jornal Folha do Litoral, esta história da dívida de R$ 6 mil de viagra empenhada na farmácia da Estiva é um dos muitos absurdos praticados pela fatídica gestão de Sargento no Sindicato dos Estivadores de Paranaguá e Pontal do Paraná. Como o meu espaço na Folha é pequeno faltou dizer um fato extremamente perigoso nesta situação, é que o médico que receitava o viagra não era cardiologista, levando em conta tratar-se de um aposentado. Ou seja, idoso. O risco do moço morrer em plena ação foi enorme, apesar que morreria extremamente feliz. O problema seria mesmo no velório (foto). Uma somatória de irresponsabilidade que começa com o próprio Don Juan da terceira idade, passando pelo médico e culminando na diretoria anterior que bancava.

Praça é Nossa foi "interditada" pela TVSM


O que será que aconteceu que o programa do SBT “A Praça é Nossa” gravado na Praça de Eventos que era para ter ido ao ar no dia 1º de março e, passados oito dias e até agora nada. No dia da gravação feita noite do dia 14 de fevereiro, a praça 29 de Julho ficou lotada e tivemos até uma participação do parnaguara Marcilio Dias (foto) que já participou do programa Silvio Santos e foi escolhido como o melhor sósia de Ronaldo Golias.Atuaram nesta gravação que foi apresentada por Marcelo de Nóbrega, filho do apresentador Carlos Alberto de Nóbrega, os atores Alexandre Porpetone (Cabrito Tevez), deputado João Plenário (Saulo Laranjeira), Marcio (Vai que Cola), Cleyton Silva ( di Oio Nu Sinhô), Eliana Marques (ex-miss Amazonas) e o ator Canarinho, que está na ativa aos 84 anos de idade, entre outros. É bom que se diga que a prefeitura apoiou o evento cedendo o espaço público. E o interessante desta iniciativa é que população prestigiou colaborando com a campanha de alimentação “Combater a Fome com Humor”, doando um quilo de alimento não perecível. E. de quebra, concorreram a diversos prêmios cedidos por patrocinadores, além de uma bicicleta, uma TV de 29 polegadas e um microsystem. Toda a arrecadação foi destinada ao Provopar de Paranaguá. Até aí tudo bem, mas ficam duas perguntas; porque cargas d'água o programa não foi ao ar? E o mais importante, quando irá? Com a palavra a TV Serra do Mar.

quarta-feira, 4 de março de 2009

Agora é fato, acabou mesmo o G-6!


Quem gosta de política e perdeu a sessão da Câmara de Vereadores de ontem tem muito a se arrepender. Foi uma verdadeira guerra declarada entre situação e oposição. E teve de tudo, desde discussões em bom nível, mancadas a bate boca do pior estilo lavadeira. Ricardo confirmou a saída de João Mendes do Grupo dos Seis e detonou o vereador tornando pública algumas de suas denuncias contra a atual administração. Mas Ricardo metralhou para todos os lados, sobrando para Sandra do Dorinho, Leite Junior e Leocádio. Agora o alvo maior do presidente foi o secretário de Serviços Urbanos, Rudi, no plenário Ricardo simplesmente ligou o ventilador e deu descarga ao mesmo tempo. Depois, mais calmo, no comando da sessão mandou ver nas votações que faziam convocações de secretários e presidentes de autarquias e pediam informações e cópias de contratos, não passou nenhuma. O que era mais que natural, já que o G-6, agora, é situação e não mais oposição com João Mendes na parada. Foi uma enorme derrota do antigo G-6 que se tornou G-5 e tem tudo para virar G-4 e até mesmo G-3. Agora pergunto isso é de surpreender alguém? Não, nem um pouco, pois num passado não muito distante o ex-prefeito Roque disse em alto e bom tom que na Câmara tinha "16 no bolso e 3 bobos". Esse negócio de mudar de time é comum e não condeno a atitude de João Mendes, pois não sei os motivos que o levaram optar por entrar na bancada de apoio ao Baka. E tem mais, não vejo isso, como algo do outro mundo, diria que faz parte da política de nossa querida Paranaguá.

segunda-feira, 2 de março de 2009

Acabou o G-6 no Palácio Carijó?


Esta segunda-feira tem tudo para entrar na história como o dia da queda do G-6 na Câmara de Vereadores de Paranaguá, até então formado pelos nobres edis Ricardo, Rafinha, Marcos Elias, Nagel, Edu e João Mendes. Correu hoje o boato que um vereador mudou de lado e foi se aninhar no aconhegante lado situacionista. Tal qual os pescadores foi seduzido pelo canto da sereia e pôs fim a união que começou antes mesmo da votação para Mesa Diretora.
Este profissional de imprensa previu o fim deste casamento. Mas foi otimista ao afirmar que o divórcio aconteceria no próximo ano, quando os interesses das eleições para governador fariam cada qual colocar a sardinha na brasa do seu candidato.
As más línguas disseram mais que a mudança teve algo a ver com o grande sucesso de bilheteria do cinema de 2007, "300" (foto) dirigido por Zack Snyder e estrelado Geraldo Butler e o brasileiro Rodrigo Santoro que conta história real de trezentos guerreiros espartanos que, liderados pelo bravo rei Leônidas, enfrentam o maior exército já reunido no mundo, formado por quase dois milhões de persas, no episódio que ficou conhecido como "A Batalha das Termópilas".
Eu mesmo não entendi muito a comparação, quem sabe seja o fato do mais forte acabar perdendo a guerra no final de toda batalha com o vilão mocinho (Santoro). Não quero acreditar que isso ocorreu tão cedo, mas nada que a sessão de amanhã nos dê a dimensão e a extensão de toda verdade. Por isso, vou assistir a sessão e conferir.